CONDIÇÕES DE TRABALHO E PREVALÊNCIA DE SINTOMAS OSTEOMUSCULARES ENTRE PROFISSIONAIS DE UM HOSPITAL FILANTRÓPICO

  • Ana Carolina Monteiro Duarte Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri http://orcid.org/0000-0003-4854-8406
  • Luciana Campos Reis Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Marcus Alessandro Alcantâra Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Resumo

Introdução: O ambiente hospitalar é conhecido como um local de precárias condições de trabalho e potencial de causar prejuízos à saúde e eficiência dos profissionais. Porém, os estudos focalizados em ocupações específicas limitam o alcance das estratégias de intervenção. Objetivos:  Caracterizar o trabalho dos setores de apoio, assistência e administração de um hospital de médio porte e analisar a associação com a prevalência de sintomas osteomusculares. Método: Amostra representativa de 123 trabalhadores respondeu um questionário contendo informações sociodemográficas, condições de trabalho e sintomas osteomusculares. Análises descritivas e teste kruskal-wallis foram implementados. Resultados: a assistência apresentou altas demandas físicas e psicológicas, baixo controle e apoio social no trabalho e elevadas queixas lombares e membros inferiores. O setor de apoio apresentou demandas físicas e psicossociais mais baixas; queixas cervicais e membros inferiores foram mais prevalentes. No setor administrativo, os baixos índices de demandas psicológicas e controle sobre o trabalho indicam um trabalho passivo e sem autonomia. Conclusão: confirmou-se que a natureza das tarefas é diferente em cada setor e pode influenciar no padrão de adoecimento dos profissionais. Considerar tais especificidades é fundamental para o sucesso de intervenções no ambiente hospitalar.

Warning: Smarty error: unable to read resource: "file:0/plugins/generic/usageStats/templates/outputFrontend.tpl" in /var/www/html/php5-instance/ojs/lib/pkp/lib/vendor/smarty/smarty/libs/Smarty.class.php on line 1094

Biografia do Autor

Ana Carolina Monteiro Duarte, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Departamento de Fisioterapia área Saúde do trabalhador
Publicado
2018-10-10
Seção
Artigos Originais