Memória e Esquecimento: uma relação indissociável nos relatos de mulheres que sobreviveram ao maior genocídio do século XX, o Holocausto

  • Sandra de Almada Mota Arantes UNIFOR-MG

Resumo

RESUMO Introdução: Este artigo é uma reflexão sobre mulheres sobreviventes da Segunda Guerra Mundial, assunto que, hoje, tem sido mais discutido e contribuído para a reconstrução de uma história. Mulheres sobreviventes do período do Holocausto, o maior genocídio do século XX, buscam recuperar sua história e o fazem ao acessar as essências perdidas no tempo, que poderão, via memória e lembranças, reviver o tempo passado ou o tempo em que se passaram. Objetivo: refletir sobre os relatos daquelas que sobreviveram ao Holocausto, e, a partir da relação indissociável memória/esquecimento, buscar entender os silenciamentos e o relato da dor, a superação para reedificação da vida após o trauma, e a possibilidade de recomeçar a escrita de uma história. Metodologia: para a fundamentação da escrita, realizou-se o levantamento bibliográfico a partir da análise de fontes que abordam, de diferentes maneiras, o tema. Dentre elas os livros, os artigos, os periódicos, textos disponíveis em sites confiáveis, locais que apresentam um conteúdo documentado. Conclusão: Os relatos mostram a possibilidade de traduzir a experiência do extermínio e consolidar um compromisso com as narrativas na intenção de fazer conhecido pelo maior número possível de pessoas o que aconteceu a elas a fim de que todo o sofrimento e violência não sejam esquecidos e não se repitam.   Palavras-chave: Mulheres; História; Memória; Violência sexual feminina.

Warning: Smarty error: unable to read resource: "file:0/plugins/generic/usageStats/templates/outputFrontend.tpl" in /var/www/html/php5-instance/ojs/lib/pkp/lib/vendor/smarty/smarty/libs/Smarty.class.php on line 1094

Biografia do Autor

Sandra de Almada Mota Arantes, UNIFOR-MG
Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Minas GeraisMestrado em LETRAS pela Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações, Brasil(2008) Professor da FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE , Brasil 
Publicado
2018-03-30
Seção
Revisão de Literatura