Percepção da população do município de Divinópolis (MG) sobre o acondicionamento de lixo e a relação com doenças

  • Laissa Nascimento Bernardes Souza Universidade Federal de São João del Rei
  • Jacqueline Souza Dutra Arruda Universidade Federal de São João del Rei
  • Paula Gabriela Melges de Morais Universidade Federal de São João del Rei
  • Lissa Araújo Soares Universidade Federal de São João del Rei
  • Arrízia Amaral Prado Oliveira de Castro Universidade Federal de São João del Rei
  • Gioconda Gambogi Foresti Prefeitura Municipal de Divinópolis
  • Fabiana de Carvalho Souto Prefeitura Municipal de Divinópolis
  • Jacqueline Domingues Tibúrcio Universidade Federal de São João del Rei
  • Stênio Nunes Alves Universidade Federal de São João del-Rei/Campus Centro-Oeste Dona Lindu http://orcid.org/0000-0002-4103-2266

Resumo

Introdução: A ausência de coleta, associada ao manuseio e a disposição inadequados dos resíduos sólidos municipais, são importantes fatores de risco para a saúde pública. Objetivos: O presente estudo verificou a percepção das condições do lixo e o nível de conhecimento da população em relação a diferentes questões relacionadas. Metodologia: Foram entrevistados 1281 moradores dos bairros de Divinópolis-MG. A coleta das informações foi realizada através de um questionário estruturado, padronizado e testado, com perguntas fechadas e pré-codificadas. Verificou-se questões sociodemográficas, indicadores do abastecimento e uso da água e do escoamento do esgoto; o uso e destinação do lixo e da relação do lixo com vetores de doenças. Posteriormente foi feita análise estatística. Resultados: Observou-se que da população estudada, 91% perceberam insetos ou ratos no lixo e 98,2% relataram existir serviço de coleta de lixo, mas 89,7% informaram que não há serviço de limpeza de rua e 59,5% que há algum foco de doença no bairro. A maioria da população também relatou que alguma doença está relacionada ao lixo e que já visualizou insetos e ratos no lixo. Conclusão: Diante da percepção da população sobre o lixo e vetores a ele relacionado, sugere-se que haja um direcionamento nas campanhas sobre o tema, indicando práticas corretas de armazenamento de resíduos, contribuindo assim para diminuir a presença de animais vetores de doenças no lixo.


Warning: Smarty error: unable to read resource: "file:0/plugins/generic/usageStats/templates/outputFrontend.tpl" in /var/www/html/php5-instance/ojs/lib/pkp/lib/vendor/smarty/smarty/libs/Smarty.class.php on line 1094

Biografia do Autor

Stênio Nunes Alves, Universidade Federal de São João del-Rei/Campus Centro-Oeste Dona Lindu
Professor Adjunto IV na Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Centro-Oeste, Divinópolis-MG. Tem experiência na área de Morfologia (Citologia e Histologia), Zoologia dos Invertebrados e Parasitologia, com ênfase em Helmintologia e Entomologia.
Publicado
2018-06-29
Seção
Artigos Originais