Fatores sociodemográficos, clínicos e funcionais associados à felicidade em idosos: uma revisão integrativa de literatura

  • Bárbara Lima Assis Universidade de Itaúna

Resumo

Objetivo: Realizar uma revisão integrativa de literatura sobre os fatores sociodemográficos, clínicos e funcionais associados à autopercepção de felicidade em idosos. Metodologia: Foram feitas buscas por meio das bases de dados MEDLINE via PubMed, Science Direct, SciELO, LILACS, MedCarib e PEDro, nos últimos 10 anos com as palavras happiness, aged, variables. Resultados: Foram considerados elegíveis para esta revisão 10 artigos. Os estudos selecionados, todos observacionais, totalizando 23.165 idosos, com média de idade de 71,05 anos e prevalência do sexo feminino, apontaram que possuir uma boa renda, boa condição de saúde, funcionalidade e praticar atividade física são aspectos favoráveis relacionados com a felicidade em idosos. Não possuir companheiro(a), doenças crônicas, pior função física, baixo volume de atividade física, má alimentação e baixa renda estabelecem relações negativas com a felicidade em idosos. Idade e gênero não apresentaram significância estatística. Conclusão: Os fatores sociodemográficos, clínicos e funcionais influenciam positivamente e negativamente a autopercepção de felicidade em idosos, observando-se um maior nível de felicidade nos indivíduos que apresentam aspectos positivos da velhice.


Warning: Smarty error: unable to read resource: "file:0/plugins/generic/usageStats/templates/outputFrontend.tpl" in /var/www/html/php5-instance/ojs/lib/pkp/lib/vendor/smarty/smarty/libs/Smarty.class.php on line 1094
Publicado
2022-04-28
Seção
Revisão de Literatura