Crescimento de mudas de jambu sob condições controladas de casa de vegetação em diferentes substratos

  • Maria Auxiliadora Silva Oliveira Instituto Superior de Teologia Aplicada - INTA Universidade Federal do Ceará - UFC. Rua Coronel Antonio Rodrigues Magalhães, Bairro Dom Expedito Lopes, 359, Sobral/CE Telefone: (88) 3112-3500
  • Renato Innecco universidade federal do ceará - ufc

Resumo

O jambu (Acmella oleracea) é uma planta medicinal, com propriedades anestésicas, usado na culinária substituindo o agrião. Objetivou-se avaliar o crescimento de mudas de jambu em diferentes substratos. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 6x5 com oito repetições. Utilizou-se areia pura lavada – S1; palha de sorgo + biocomposto (1:1 v/v) – S2; palha de sorgo + areia (1:1 v/v) – S3; areia + poli (1:1 v/v) – S4; vermiculita + carvão (1:1 v/v) – S5 e areia + carvão (1:1 v/v) – S6. As avaliações foram aos 38, 45, 52, 59 e 66 dias após a semeadura (DAS). As variáveis analisadas foram: tamanho da planta (cm), comprimento da raiz (cm), número de folhas por planta, peso da matéria seca das partes aéreas (g) e das raízes (g). Houve diferença significativa dos substratos, das idades de observação e da interação substratos x idades de observação em todas as variáveis analisadas. O substrato S2, para as variáveis tamanho da planta, comprimento da raiz e matéria seca da raiz já mostram crescimento diferencial a partir da terceira idade de observação. Em todas as observações os substratos S4, S5 e S6 não houve diferença significativa para as médias nas variáveis analisadas. Os substratos influenciaram de forma diferente no desenvolvimento das plantas.


Parse error: syntax error, unexpected end of file, expecting ')' in /var/www/html/php5-instance/ojs/cache/fc-downloadStats-372.php on line 217