Serviço social e política de assistência social: reflexões a partir da perspectiva da teoria social crítica

  • Bruno Alvarenga Ribeiro UNIFOR-MG

Resumo

Introdução. O artigo apresenta uma reflexão sobre a interlocução entre o Serviço Social e as políticas sociais.  Maior destaque foi atribuído à interlocução com a Política de Assistência Social, política que se constitui como espaço privilegiado para a atuação do Serviço Social. Foi feito um resgate histórico do processo de constituição das políticas sociais brasileiras e também do Serviço Social brasileiro. Este resgate viabilizou a interlocução que se pretendeu estabelecer. Objetivo. Refletir sobre a inserção dos Assistentes Sociais no espaço sócio-ocupacional da Política Nacional de Assistência Social e sobre as contradições que perpassam esta política. Metodologia. O artigo está baseado em revisão bibliográfica e adotou como perspectiva teórica a Teoria Social Crítica, pois esta teoria permite fazer uma leitura crítica das contradições que colocam constrangimentos à materialização da Política de Assistência Social. Resultados. Compreensão das contradições das políticas sociais como produtos da reprodução das relações sociais de produção. Conclusão. O Serviço Social não está livre das determinações produzidas por sua inserção na divisão sócio-técnica do trabalho. Ele é requisitado a dar respostas a estas determinações comprometendo-se a fortalecer os direitos sociais.


Warning: Smarty error: unable to read resource: "file:0/plugins/generic/usageStats/templates/outputFrontend.tpl" in /var/www/html/php5-instance/ojs/lib/pkp/lib/vendor/smarty/smarty/libs/Smarty.class.php on line 1094
Publicado
2016-12-07
Seção
Revisão de Literatura